Bonito mesmo é se entregar sem ter medo de cair. É ir mesmo sabendo que um pouco mais na frente doa, é sorrir mesmo que a lágrima as vezes insista em cair. É colocar o barquinho no mar mesmo que o vento não seja favorável, é ancorar em lugar perigoso. É nadar, velejar, amar, sempre. Restos de um naufrágio.  (via nobroke)

(Source: acrescentada, via filipaalexandra19)

15,504 notes